Setor de máquinas agrícolas deve fechar 2021 com recorde de faturamento

Setor de máquinas agrícolas deve fechar 2021 com recorde de faturamento

O agronegócio brasileiro vem em uma crescente. Mesmo com a pandemia, o setor de máquinas e equipamentos agrícolas teve um aumento de 27% em 2020, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Para este ano, a expectativa é que o aumento seja de 30%, com um recorde de R$ 33 bilhões de faturamento, número referente às exportações e vendas no mercado interno. O recorde anterior havia sido em 2013, com R$ 28,2 bilhões (já descontada a inflação). 

 

O cenário é positivo, graças à rentabilidade das commodities e à expectativa de um Valor Bruto da Produção acima de R$ 1 trilhão agora em 2021. Com isso, o produtor se motiva a comprar e modernizar as suas máquinas. 

 

Apenas nos primeiros 4 meses do ano, o faturamento do setor aumentou 63%. E o mercado está otimista com os números. A John Deere, uma das grandes empresas do setor de máquinas agrícolas, por exemplo, prevê um crescimento de até 25% nas suas operações na América Latina, apesar de a cadeia de suprimentos ainda não estar com o total de sua capacidade, reflexos ainda da pandemia da Covid-19.  

 

Algumas grandes indústrias, que dependem de componentes que vêm de fora, no entanto, são as mais afetadas pelos atrasos de entregas, não conseguindo responder com agilidade os pedidos do mercado nacional.

 

O que esperar de 2022?

 

Diante de um cenário tão bom como o de 2021, a pergunta que fica é como estará o mercado no próximo ano. A expectativa inicial é de uma estabilização, mas com as vendas em alta, já que temos visto mais áreas de plantio no país, com a promessa de que a comercialização de equipamentos agrícolas continue elevada.

 

Alguns fatores ajudam no otimismo do mercado, como a projeção de aumento do Produto Interno Bruto de segmentos como açúcar, arroz, soja, milho e outros, além da geração de novos empregos. Sem contar o avanço da vacinação, que fará com que os eventos presenciais, tão importantes para o mercado, voltem em 2022.

 

Uma dúvida que fica para 2022 é em relação à entrega de peças e componentes para a indústria de máquinas e implementos agrícolas. A expectativa é de uma estabilidade, diminuindo o atraso geral que veio com a pandemia. A recomendação, no entanto, é para que todos antecipem as suas compras, garantindo assim tudo o que precisa para o ano que vem.

 

A Cronnos

 

A Cronnos desenvolve peças em borracha de alta performance para atender ao mercado de veículos e implementos agrícolas, de acordo com os projetos dos clientes. Visite nosso site e conheça mais!